Você precisa de Organização Profissional?

99 Personal Organizer

Nós da GCO estamos desenvolvendo o Aplicativo 99 Personal Organizer, o objetivo principal do nosso app é popularizar a profissão de organizador profissional pelo Brasil e Mundo. Atualmente acreditamos que mesmo com o volume de busca crescente pelo profissional personal organizer muitas pessoas que necessitam da contratação deste serviço não tem acesso a um profissional de qualidade ou se quer nem ao menos sabem que tal profissional existe para solucionar os problemas da desorganização em sua rotina.

Identificamos no segmento a possibilidade de através da mídia GCO e marketing digital o aplicativo se tornar um gerador de demanda automático de clientes para os profissionais de organização pessoal. Para o cliente o app se torna uma solução na tranquilidade de contratar o serviço com a profissional mais próxima ou melhor qualificada e ter a garantia de um serviço de qualidade bem prestado com a metodologia implantada pela 99 personal organizer que garante a transformação do seu cotidiano através da organização da sua casa ou empresa.

Personal Organizer - conheça como funciona esse tipo de serviço

Deixar a casa ou escritório organizados não é tarefa das mais fáceis. Algumas pessoas não conseguem manter a rotina, e outras não tem paciência mesmo. Se você se enquadra em uma delas, saiba que há um profissional que pode te ajudar nisso. O que faz um Personal Organizer?

Com os compromissos do cotidiano, que para muitos envolvem trabalho e cuidar dos filhos, nem sempre é possível manter a casa ou escritório organizados, não é verdade?

Fotografias, documentos pessoais, ou até mesmo as roupas e a rotina doméstica ficam prejudicados. No entanto, existe no mercado um profissional habilitado a te auxiliar nesse processo.

O Personal Organizer ou Organizador Profissional é uma espécie de anjo da guarda. Especializado em colocar as 'coisas' no lugar, a proposta é garantir praticidade aos ambientes e facilitar a rotina das pessoas. 

Com um atendimento personalizado, o profissional avalia a necessidade de cada cliente de forma particular e minuciosa, tornando a experiência única. Até porque, desencaixotar os pertences após uma mudança, por exemplo, nem sempre é prazeroso. O serviço também se estende a organização da vida pessoal. Nem todo mundo consegue manter a agenda atualizada quando trabalha fora e têm filhos. Dividir-se entre levá-los à escola, aulas de inglês, ballet, dentista, médico, além de outras tarefas, como ir ao supermercado e academia. Sem querer alguns compromissos importantes acabam ficando para trás.

Aqui no Brasil, tudo é muito novo, mas no exterior, esse tipo de orientação é bastante comum. Já existem cursos profissionalizantes para quem tem interesse em seguir a carreira. Instituições de ensino como a OZ Organize, a WR Educacional, a Gap Treinamentos ou a Ecole Brasil, por exemplo. O fato é que, se você não tem habilidade para manter uma disciplina, não tem o mínimo de paciência ou jeito para organização, ou ainda, tem uma vida profissional que exige tempo integral, o ideal é procurar esse tipo de especialista. Porque arrumação é muito diferente de organização. Arrumar um closet, não significa que ele vai estar organizado. Colocar documentos e objetos pessoais dentro da gaveta, não é o mesmo que separá-los em ordem.

O que faz e o que não faz um Personal Organizer

O primeiro passo que um Personal Organizer realiza é desenvolver uma pesquisa -conversa detalhada-, com os clientes. Ele conhece a rotina, o dia a dia, os desejos e as necessidades de cada integrante. E depois, avalia a melhor forma de ajudar. Nada melhor do que ter alguém para ajudar nisso, e de quebra, sobrar um tempo para fazer o que gosta, não é mesmo?

O serviço pode ser cobrado de inúmeras formas. O acordo é feito entre o profissional e o cliente. Pode ser por m², por ambientes, armários, closets, diárias ou hora trabalhada. Um ambiente organizado e agradável reflete de forma positiva na vida das pessoas. Com técnicas específicas, o profissional indica soluções inteligentes para melhorar o seu dia a dia.

É importante ressaltar que o Personal Organizer não é um empregado e sim um consultor. Ele não limpa a área onde vai trabalhar - isso deve ser feito antes da organização. No Brasil, já existe a Associação Nacional de Profissionais de Organização e Produtividade - ANPOP. O serviço prestado vai desde a organização residencial, como mudanças, treinamento de empregados, disciplina financeira, até a organização corporativa, com palestras, workshops e gestão de tempo e produtividade.

Seja o primeiro a ler as novidades!