Os 7 passos da estratégia de um top afiliado

08/07/2021

Saiba os primeiros passos para se tornar um afiliado de sucesso

Nesse Artigo eu vou te ensinar a estratégia que um top afiliado usa para ganhar 6 dígitos por mês vendendo na internet sem precisar rezando para os algoritmos das plataformas colaborarem.

Mas antes disso, me permita te contar um pouco da minha história no marketing digital.

Para começar, eu sou um jovem de família pobre que vim lá do interior do nordeste.

Devido isso, eu e minha família sempre tivemos muita dificuldade para conseguir as coisas.

Quando nos mudamos para SP, a vários anos atrás, para buscar melhores condições, tivemos todos que ir para trabalhos que não gostamos.

Eu virei ajudante de pedreiro, minha irmã foi trabalhar no Mc Donalds e minha mãe virou costureira.

Eu ainda estudava na época então desde novo já tinha que conciliar os estudos com o trabalho, o que as vezes era um inferno.

Um tempo a atrás eu tinha que conciliar o trabalho como ajudante de pedreiro pela manhã com meu curso de técnico em mecatrônica a tarde e ainda ir para a escola a noite.

Como você pode imaginar, era tempos bem difíceis.

Eu tinha que acordar cedo para ir ao trabalho. Por sorte era um trabalho perto de casa.

Então as vezes logo pela manhã, já tinha concreto para fazer, paredes para derrubar, ferros para cortar...

Isso sem contar que meu patrão era um pé no saco.

O tipo de pessoa que reclama por tudo e ainda coloca a culpa dos erros dele nos funcionários.

E ainda para completar, eu sempre voltava para casa com algum machucado (o que é rotina nessa profissão).

Depois disso, tinha que tomar um banho e almoçar bem rápido para não perder meu ônibus que passava as 12:20.

A almoço como sempre era bem regrado.

Nunca faltou o que comer lá em casa, mas tudo sempre foi bem limitado.

Minha mãe contava 2 pedaços de carne para cada um de nós e se alguém resolvesse comer um pedaço a mais, o outro ficava sem.

Enfim, depois do almoço eu literalmente tinha que ir correndo para o ponto para poder chegar a tempo.

As 12 :18 eu estava lá, e azar o meu se o ônibus resolvesse passar 5 minutos mais cedo.

Depois de entrar no ônibus era mais ou menos 1 hora de viagem até a Etec. onde eu fazia meu curso. Para otimizar meu tempo, eu usava essa 1 hora para estudar um pouco do inglês.

Mas tinha dias que de tão cansado eu só a usava para dormir no ônibus mesmo.

Pena que fazer isso algumas vezes me levava a passar do ponto onde eu tinha que descer e eu era obrigado que voltar correndo a pé.

Depois disso vinha minha tarde no curso. Eu adorava as matérias, mas era muito puxado, principalmente a de automação.

Tentar assimilar todas aquelas contas já estando cansado é foda.

Ainda mais porque alguns professores não colaboravam com sua didática.

Mas ainda sim, eu era um aluno de boas notas.

Terminado o horário do curso, era hora de voltar (correndo mais uma vez) para ir para a escola.

Essa com certeza era a pior parte do dia...

Mais uma vez eu ia correndo para o ponto para conseguir pegar o ônibus a tempo.

Mas dessa vez já era horário de pico, o que significa ir em um ônibus completamente lotado.

Alguns dias ia tão cheio que eu mal conseguia me mexer dentro do ônibus.

E tinha que aguentar mais uma hora dentro daquele formigueiro.

E quando finalmente chegava, nem passava em casa, já ia direto para a escola (e adivinha? Correndo mais uma vez).

As vezes nem conseguia chegar a tempo.

E os professores ainda eram péssimos. Eu considerava uma perda de tempo ir para lá.

Mas ainda sim, eu estava lá todos os dias.

E depois desse longo dia que começou as 6 da manhã, eu chegava em casa um pouco depois das 11 da noite completamente destruído.

Nisso eu só jantava e já caía na cama.

Eu já estava muito cansado dessa rotina.

Até que conheci o marketing digital, o mercado de afiliados e percebi que existiam outras formas de ganhar a vida, formas mais fáceis e mais lucrativas.

No começo fiquei muito empolgado com esse mercado, comprei meu primeiro curso sobre isso e já comecei a colocar em prática todo animado, achando que os resultados viriam logo.

Pena que não vieram...

Eu dei o azar de além de não conhecer bem esse mercado, comprar o curso de alguém que só sabia vender o próprio curso e mais nada.

Era o curso de um amador se passando por profissional.

Mas não fiquei só nesse, comprei alguns outros e fiquei nessa de tentar sem ter resultado por cerca de um ano inteiro.

Eu já estava bem desanimado, quase desistindo desse mercado, até que algo aconteceu...

Um dia eu vi o anúncio de um cara chamado Ruyter. Nesse anúncio ele mostrava seus resultados de ganhos de mais de meio milhão por mês em vendas na Monetizze.

Eu fiquei bem cético no começo, achei que era mais um picareta que só queria meu dinheiro.

Mas a curiosidade foi mais forte e resolvi pesquisar mais a respeito.
Acontece que olhando lá na plataforma da Monetizze você pode ver que o produto do Ruyter, realmente é o mais vendido da plataforma.

Vendo isso e levando em conta que o preço do curso dele era muito barato (bem mais barato que todos os outros que eu já tinha comprado), resolvi fazer uma última tentativa comprando o curso dele.

E eu só digo uma coisa, essa foi a melhor coisa que eu fiz na vida.

Já de cara eu vi que as coisas que ele ensinava estavam em um nível muito acima de todos os outros cursos que eu já tinha visto.

E hoje eu posso dizer que o Ruyter mudou completamente meu rumo dentro do marketing digital.

Em um mês aplicando as estratégias dele eu tive mais resultado do que em um ano com as dos outros produtores.

Isso foi uma grande virada para mim.
E foi assim que entrei nesse mercado e que as coisas começaram a dar certo.

Clique aqui para conhecer o curso do Ruyter - netmilionario

Mas enfim, agora que já conhece um pouco da minha história, vamos ao conteúdo que eu te prometi.

Preste bastante atenção agora porque eu gastei muito tempo e dinheiro para aprender isso aqui, não é o tipo de coisa que você vai ver em um "videozinho" no YouTube.

Mas antes de eu te mostrar como funciona o passo a passo dessa estratégia milionária, você precisa entender os conceitos básicos por trás das vendas.

Para começar, se quer realizar uma venda você só precisa de 3 coisas:

  • Um produto
  • Uma página de vendas
  • Levar pessoas para essa página vendas.

Até aqui pode parecer simples, mas não é tão fácil assim. Existem muitas variáveis nesses dois últimos tópicos.

O produto

Primeiro, se você está lendo um artigo sobre estratégias de vendas, imagino que você já tenha um produto para divulgar, mas tenho alguns comentários a fazer sobre o produto.

Para começar, os produtos que mais vendem são produtos que resolvem uma dor muito forte.

Não é à toa que os nichos de sexualidade, saúde e dinheiro são os mais lucrativos que existem.

Isso acontece porque esses assuntos costumam mexer muito com o emocional das pessoas.

E como todo bom marketeiro sabe, as pessoas compram com a emoção e justificam com a razão, então dê preferência a produtos que fazem isso.

O segundo ponto é para você se atentar ao preço do produto. Se você ainda não é muito conhecido, não tem muita autoridade no mercado e nem muito dinheiro para investir, recomendo que comece com produtos mais baratos por serem mais fáceis de vender.

Eu recomendaria divulgar um produto de até 300 R$. É claro que não é uma regra e que você pode vender um produto mais caro, mas de começo é mais fácil vender 4 produtos de 100 R$ do que 1 produto de 400 R$.

Bom, esses são os pontos que queria esclarecer sobre o produto.

A página de vendas

Eu recomendo que você dê uma olhada nas páginas de vendas dos produtos mais vendidos da plataforma que você usa.

Você com certeza identificará um certo padrão fazendo isso.
Quando identificar, procure deixar sua página de vendas parecida com a desses produtos. Algumas características de uma boa página de vendas são:

  • Uma headline bem chamativa com uma promessa forte
  • Um vídeo de vendas persuasivo e de preferência que mostre resultados
  • Provas sociais
  • Selo de garantia
  • Descrição atrativa do produto
  • Gatilho mental de escassez
  • FAQs no final

Veja se a sua página de vendas atende a maioria desses requisitos.

Então, dito isto, falta agora a parte mais importante de qualquer negócio...

Os clientes

Você tem a página de vendas, mas como levar as pessoas até lá? E principalmente, como fazer elas finalizarem a compra do seu produto?

É aí que entra toda a nossa estratégia, a partir daqui as coisas passam a ficar interessantes.

Eu vou te ensinar uma estratégia que mescla tráfego orgânico e pago para explodir suas vendas.

Nessa estratégia nós basicamente vamos "forçar" o cliente a passar por todo o funil de vendas por meio do tráfego pago e da produção de conteúdo.

Essa estratégia funciona da seguinte forma:

  • 1°- Nos apresentamos ao possível cliente.
  • 2°- Vamos engajar esse cliente com o nosso projeto.
  • 3°- Vamos lhe oferecer uma isca digital para pegar o seu e-mail.
  • 4°- Vamos mandar uma campanha de vendas via e-mail
  • 5°- Vamos nos apresentar para ainda mais possíveis clientes
  • 6°- Vamos mandar esses possíveis clientes para a página de vendas.
  • 7°- Vamos fazer diferentes remarketings para as pessoas da página de vendas e para as pessoas que chegaram no checkout e não compraram.

Não se preocupe que eu vou detalhar cada um desses passos E ainda tem mais dois bônus que deixei para o final...

Conheça Nosso Sistema de Afiliados!

Preparação anterior

Como você já deve ter notado pelos tópicos que citei, você vai precisar de algumas coisas antes de colocar essa estratégia em prática.

A primeira delas é ter contas de anúncios criadas no Facebook ads. É lá onde uma boa parte da mágica vai acontecer.

A segunda é ter um perfil comercial ativo no Facebook ou Instagram (recomendo mais o Instagram).

A terceira é ter uma isca digital criada. Uma isca digital pode ser um ebook, um mini curso, um resumo, um digrama, uma planilha... enfim, qualquer coisa que o seu possível cliente tenha interesse e que você possa trocar pelo contato dele (no caso o e-mail).

A quarta é ter uma conta criada em alguma plataforma de E-mail marketing.

Se for optar por uma plataforma de tenha opções gratuitas eu recomendo a MailChimp ou Nitronews.

Agora se quiser começar de maneira mais profissional com uma plataforma paga, eu recomendo a leadlovers.

E por fim, a quinta é ter algum domínio na web onde você possa hospedar sua isca digital (e dependendo da plataforma de e-mail marketing que escolheu, pode ser que também tenha que usar esse domínio para criar sua página de captura também).

Você pode criar um site gratuito com o Worpress ou o Blogguer.

Você também pode fazer algo mais profissional e pagar pelo seu domínio e hospedagem do site, mas a não ser que pretenda ficar postando conteúdos para hanckear no Google, isso não é necessário.

Bom, é basicamente isso que você vai precisar para começar, agora mãos à obra.

Primeiro passo

O melhor público que existe é aquele que já te conhece. Uma pessoa que já teve contato com você tem muito mais chances de comprar seu produto do que uma que nunca te viu.

Então para começar, vamos fazer as pessoas te conhecerem. Vamos fazer isso com um perfil comercial no Instagram, ele vai ser a fonte de divulgação do seu projeto (se já tiver um perfil criado anteriormente para o projeto é ainda melhor).

O que a maioria das pessoas faz é criar um perfil e começar a produzir conteúdo regularmente para atrair tráfego orgânico com técnicas de SEO.

Bom, isso funciona, mas a verdade é que demora muito, e se não for bem feito você pode acabar gastando muito tempo e esforço e ficar só "patinando".

Esse negócio de criar conteúdo e ficar rezando para o algoritmo do Instagram te divulgar não é muito eficiente.

Então o que fazer?

Você tem que distribuir o conteúdo que você cria. Você pode distribuir de maneira gratuita que é basicamente compartilhando seu conteúdo em uma série de lugares (outras redes sociais, fóruns, sites que permitem que outras pessoas publiquem nele como o Medium...).

Isso funciona, mas dá bastante trabalho.

E não confunda distribuição de conteúdo com Spam pelo amor de Deus.

A outra forma (mais eficiente) de distribuir seu conteúdo é com tráfego pago, usando a ferramenta de anúncios do próprio Facebook.

Com ela você vai criar, ou um público semelhante daquele que já te segue (caso já tenha seu perfil criado a algum tempo) ou um público de interesses com base no que você acha que o seu público se interessa (caso seu perfil seja novo).

E com isso, você vai criar um anúncio perpétuo com o objetivo de envolvimento (ou videoview se for anúncio vídeo) promovendo algum conteúdo de muito valor para um desses públicos para que novas pessoas estejam sempre conhecendo seu projeto.

O orçamento diário do anúncio depende do quanto dinheiro você tem, mas se tiver pouco comece pelo mínimo aceito pelo Facebook ads (Corresponde a o valor atual do dólar). Com isso você vai se apresentar para novas pessoas todos os dias.

Mas aparecer só uma vez para elas não basta para que queiram comprar de você, é preciso engajá-las, e aí entra o próximo passo.

Engajando o público

Aqui você vai "esquentar" o público para o qual você se apresentou. E você esquenta dando a ele mais conteúdo gratuito de qualidade.

Com isso você vai ganhando a confiança desse público e ele vai começar a te enxergar como uma autoridade no assunto.

Então aqui mais uma vez você lá no seu gerenciador de anúncios do Facebook e vai criar um público de todos que se envolveram com a sua página nos últimos 60 dias.

Ou se caso tiver feito o tópico anterior com um anúncio em vídeo, você pode criar um público só com as pessoas que visualizaram aquele vídeo.

Depois de criado esse público, você vai anunciar mais conteúdos especificamente para essas pessoas que já se envolveram com o seu projeto.

Não esqueça de mudar o conteúdo de dois em dois dias para que o mesmo conteúdo não fique aparecendo várias vezes para a mesma pessoa.

Com isso, depois de estar bem familiarizado com você, chance de alguém comprar seu produto é bem maior.

Então agora vamos a uma das partes mais importantes.

Captura de e-mail

Aqui vamos usar a nossa isca digital. Primeiramente você tem que hospedar a sua isca no site que você criou para que as pessoas possam acessar pelo link.

Depois você terá que criar uma página de captura para essa isca digital.

Página de captura é basicamente uma página onde o seu possível cliente tem que colocar o e-mail para poder receber a sua isca.

Você pode cria-la pela sua plataforma de e-mail marketing.

Depois de criada, você vai configurar lá na plataforma um e-mail automático para a entrega da sua isca uns 3 minutos depois da pessoa ter colocado o email dela na Landing Page.

Além disso, você vai configurar uma página de "Obrigado" que é para onde as pessoas vão ser direcionadas logo após colocarem seus e-mails.

Nessa página de obrigado, além de informar que em instantes a isca já estará no e-mail do seu possível cliente, você já pode aproveitar para fazer alguma oferta do seu produto.

Então, depois de configurado essas duas páginas, você vai voltar lá no gerenciador de anúncios e vai instalar o pixel do Facebook nelas para monitorar todos os que as acessarem.

E não esqueça de instalar o pixel para monitorar as compras feitas também.

Depois disso estar pronto, você vai criar agora outro anúncio para as pessoas que se envolveram com a sua página, direcionando-as para a sua página de captura.

Com isso, você já vai começar a captar leads.

Entendo que essa parte pode parecer um pouco mais complexa se você ainda não tem um conhecimento prévio, por isso recomendo que depois de terminar esse artigo você procure alguns conteúdos complementares para esclarecer o que não tiver entendido.

Agora no próximo passo o dinheiro já vai começar a cair na sua conta.

Campanha de vendas

A campanha de vendas já tem que estar configurada antes de você começar a captar e-mails.

Eu só coloquei esse tópico agora porque estou seguindo a jornada do cliente.

A campanha de vendas é basicamente uma sequência de e-mails que serão enviados por mais ou menos 5 dias para o seu lead com o objetivo de vender seu produto.

Você tem que configurar esses e-mails para serem enviados automaticamente entre alguns intervalos de tempo para as pessoas que pegaram sua isca digital.

Eu recomendo que você configure pelo menos 1 e-mail por dia.

Nessa parte, é crucial que você estude sobre copywriting para saber escrever emails persuasivos.

Não vai adiantar você mandar emails por 5 dia seguidos simplesmente dizendo "compre meu produto".

Você precisa saber como a mente das pessoas funciona. Precisa quebrar objeções, vender para a parte racional do cérebro, vender para o emocional, saber desperta desejo, gatilhos mentais...

Eu recomendo que você use artifícios diferentes para cada email. Por exemplo, se no primeiro email você focou em despertar desejo, no segundo você não fará mais isso, você vai focar em quebrar objeções.

Então no terceiro você pode mandar algumas provas sociais e no quarto pode falar mais da dor da pessoa.

Enfim, use uma abordagem diferente cada dia para convencer o cliente de todos os lados.

Nessa etapa, já vão começar a cair vendas. Mas não acaba por aqui...

Remarketing para página de captura

Com o pixel do Facebook instalado nas suas páginas você vai saber quem visitou sua página de captura e cadastrou o e-mail e quem não se cadastrou.

Se a pessoa tiver chegado na página de "obrigado", isso quer dizer que ela se cadastrou, mas se não chegou nela, significa que ela apenas visitou a página de captura, mas não se cadastrou.

Nessa etapa, você vai tentar convencer mais uma vez essas pessoas que não se cadastraram a fazerem isso.

Então, você deve criar uma campanha de remarketing apenas para o público que visitou, mas não se cadastrou na página de captura.

Nessa campanha, procure colocar um diferencial da campanha anterior, mostrando algum benefício extra (não é obrigatório, mas pode ajudar).

Aumentando a verba

Nessa etapa não tem grandes segredos, se você já estiver com um orçamento maior, aumente a verba destinada para a primeira campanha (aquela para fazer as pessoas te conhecerem).

Ex: se antes a campanha estava com 5,00 R$ diário, aumente para 10 R$

É só isso.

Campanha para página de vendas

Agora é hora de fazer uma campanha destinada para todo o público que te conhece mandando-o direto para a página de vendas do seu produto.

Não esqueça de excluir aqueles que já compraram dessa campanha.

Detalhe, ao fazer essa campanha, caso o seu pixel ainda não tenha muitos eventos de compra, não coloque "compra" como objetivo, coloque "início de finalização de compra".

Isso vai ajudar o seu pixel a otimizar mais rapidamente.

E aqui provavelmente mais vendas ocorrerão

Remarketing da página de vendas

Agora está na hora de atingir de novo o pessoal que visitou a página de vendas, mas não comprou de você.

Para isso, você vai fazer 2 anúncios de remarketing: Um para o público quente que visitou a página de vendas e não comprou e outro para o público muito quente que iniciou a finalização de compra (checkout), mas não comprou.

Nesses dois anúncios, procure colocar motivos extras para a pessoa comprar de você.

Mostre depoimentos de outras pessoas que compraram, fale da garantia, fale de bônus, ofereça descontos... Enfim, ofereça algo que dê aquele "empurrãozinho" que a pessoa precisa.

No caso vamos criar 2 remarketings porque vamos ser mais agressivos com o pessoal que chegou no checkout, já que esse é o público com a maior chance de comprar.

Então vamos investir mais nesse público, ser mais "chatos" com eles.

E aqui termina a última etapa da nossa estratégia, Mas ainda vou fazer mais um comentário sobre o orçamento.

Caso você não tenha dinheiro para todos esses anúncios, você deve priorizar os primeiros na exata ordem que te passei.

E quando algumas vendas começarem a cair e você estiver com um orçamento maior, pode ir avançando para os outros anúncios da estratégia.

E agora terminado essa parte, vamos aos 2 super bônus que te prometi.

O que fazer com quem não comprou de você?

Bom, você vai continuar "esquentando" essas pessoas com conteúdo gratuito de qualidade que nem eu falei no passo 2.

Caso você tenha capturado o e-mail dessa pessoa, depois que sua primeira campanha de vendas acabar, você vai ficar um tempinho sem ofertar nada e vai passar a mandar conteúdos de qualidade via e-mail também.

Isso para que a pessoa queira abrir seus e-mails, afinal se tiver apenas ofertas, em algum momento ela vai passar a te ignorar completamente.

Por isso você precisa "retomar" a atenção da pessoa depois que ela ficar de saco cheio com a campanha de vendas.

Então, depois de passar um tempo só mandando conteúdos, você vai fazer uma segunda campanha de vendas.

E esse ciclo vai se repetindo... Agora caso você não tenha capturado o e-mail da pessoa, invista em tentar capturar.

O que fazer com quem já comprou de você?

Você precisa procurar aumentar o LTV (Life Time Value) dessa pessoa.

Entenda uma coisa, um cliente não vale apenas por uma compra, ele vale por todas as compras que ele fez com você durante toda a vida dele como seu cliente.

Então é isso que você precisa buscar aumentar. Se alguém já comprou com você, ofereça posteriormente outros produtos complementares aquele que ele já comprou.

Por exemplo, se ele comprou um produto para emagrecer, ofereça depois outro produto relacionado a musculação, afinal é comum que a pessoa que quer emagrecer também queira ganhar mais massa muscular.

É assim que se cria um negócio sustentável no longo prazo

Por fim, só com esse conteúdo é provável que você já consiga ter resultados, mas como você deve imaginar, o que eu te disse aqui é só a ponta do iceberg.

Eu te dei à estrutura da estratégia, mas se você já não tiver um certo conhecimento, é provável que não saiba executar todas as etapas com maestria.

Você sabe como os profissionais de verdade usam o Facebook ads?

Sabe como criar todos os públicos do jeito certo?

Sabe como eles integram também o Google ads em suas estratégias?

Sabe estratégias para fazer lançamentos milionários?

E para ecommerce? Sabe como vender?

Contrate o Método GCO de Divulgação

Seja o primeiro a ler as novidades!

Posts mais recentes em nosso blog

Leia o que há de novo essa semana

Então, você idealizou, pensou e planejou todos os detalhes e, finalmente, conseguiu criar seu produto. Depois de passar por todos esses estágios, há uma pergunta: como aplicar as dicas para divulgar um produto e lançá-lo com sucesso no mercado?

Resumo.A pandemia Covid-19 derrubou o manual de um profissional de marketing, desafiando as regras existentes sobre relacionamentos com clientes e construção de marcas. Um ano depois, não há como voltar ao velho normal. Aqui estão 10 novas verdades de marketing que revelam a confluência de estratégias, operações e tecnologias necessárias para...

Se estudar marketing ainda não está na sua rotina de aprendizados, você está ficando para trás.

Mas não se preocupe: temos a solução!

Confira essa lista com 30 blogs sobre marketing para conhecer agora mesmo e manter-se sempre atualizado no mercado.