Consultoria Gratuita Planos de Saúde

Seguro Saúde

Como funciona o seguro de saúde?

O seguro saúde funciona da seguinte forma: o segurado realiza a consulta ou procedimento médico onde quiser e depois solicita o reembolso dos gastos. Dependendo da seguradora, os reembolsos podem ser parciais ou integrais. 

Qual a diferença entre plano de saúde e seguro saúde?

O cenário é o seguinte: você é usuário de um plano de saúde, mas tem um colega que possui um seguro saúde. Dá pra estipular qual dos dois está mais coberto em caso de uma emergência médica, por exemplo? Afinal, qual é a diferença entre os dois serviços?

Tanto o plano de saúde quanto o seguro saúde têm o mesmo objetivo: oferecer assistência médica e hospitalar aos seus clientes. A diferença é que, no caso do seguro saúde, o beneficiário tem liberdade de escolha de médicos, hospitais e laboratórios.

Com o seguro saúde é possível consultar profissionais e entidades que não sejam conveniados. O reembolso com gastos médicos neste serviço é valido por todo o país, porém, o valor vai depender do tipo de seguro contratado.

Já no plano de saúde, os segurados têm o serviço de assistência médica prestado pelos profissionais e estabelecimentos credenciados pela operadora. Existem também categorias de planos que podem oferecer a livre escolha com reembolso, mas, neste caso, é necessário constar esta opção no contrato.

Vale lembrar que a ANS é a responsável por fiscalizar e regulamentar tanto os planos de saúde quanto os seguros saúde - este último desde 2001, com base na Lei 10.185/01. Por isso, em caso de dúvidas, a agência pode ser acionada pelos beneficiários, bem como as operadoras e seguradoras.

Quer ler mais notícias como essa?

Clique aqui e navegue pelo Portal GCO.

Siga-nos também no Facebook e no Linkedin.

Você precisa nos contactar?

Cobertura seguro saúde completa e hospitalar: quais as diferenças?

A cobertura do seguro saúde compreende um conjunto de direitos do beneficiário do plano ou seguro previstos pela lei 9656/98 - serviços, tratamentos, cirurgias, parto, procedimentos médicos e/ou odontológicos.

A pluralidade de combinações entre rede referenciada, acomodação, graus de reembolso e tipos de atendimento (principalmente hospitalar e ambulatorial / hospitalar) possibilita achar as garantias de cobertura que melhor se encaixe no orçamento da empresa.

É necessário ter atenção ao tipo de cobertura que atenda às necessidades dos seus colaboradores, antes de contratar um seguro saúde. A divisão do plano de saúde é exatamente a composição de cada cobertura. Ela vai determinar a quais tipos de atendimento seus funcionários têm direito.

Você conhece as diferenças entre cobertura completa e/ou hospitalar? Neste post tiramos suas dúvidas. Confira!

Como funciona a cobertura
completa e hospitalar?

A cobertura completa do seguro saúde compreende os atendimentos ambulatorial, hospitalar e obstetrícia, incluindo, ou não, assistência odontológica. Essa modalidade de plano de assistência à saúde é a mais completa e abrangente.

A lei estabelece, obrigatoriamente, que a seguradora deve ter à disposição dos clientes esse plano, que assegura assistência nos segmentos Ambulatorial, Hospitalar e Hospitalar com obstetrícia.

Já a cobertura hospitalar garante a cobertura de internações hospitalares com diárias ilimitadas, inclusive UTI, além de custos relacionados à internação com enfermeiras, médicos, alimentação, exames complementares, transfusões, radioterapia, quimioterapia, sala cirúrgica, medicamentos anestésicos e materiais utilizados na internação.

Ele também engloba atendimentos de emergência e urgência que talvez possam evoluir para internação, incluindo a remoção do paciente para outro hospital. Lembrando que esse tipo de plano não cobre exames e consultas médicas fora do período de internação. Já as despesas de acompanhante de pacientes menores de 18 anos são pagas pelo plano.

A cobertura hospitalar é indicada a quem deseja ter a garantia da cobertura do grande risco. Procedimentos de alto custo como uma internação clinica ou cirurgia incluindo a UTI que o valor para este atendimento particular e excessivamente caro e pode comprometer financeiramente quem não possui esta cobertura.

Todavia, esse plano não cobre gastos com tratamento pré-natal ou transplantes, à exceção de rim, córnea, autólogos e outros determinados no rol de procedimentos utilizado pela ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar). Também não estão inclusas internação em clínica de emagrecimento ou de repouso e consultas domiciliares ou ambulatoriais.

As coberturas seguem o rol de procedimentos cobertos definida pela ANS .

Rol de cobertura que toda seguradora seque.

Quais as maiores
diferenças entre elas?

A cobertura completa do seguro saúde está sujeita a uma carência de 24 horas em qualquer situação de emergência e urgência. Em contrapartida, nos demais planos a carência de 24 horas se limita aos casos de complicação do processo gestacional e acidente pessoal.

Lembrando que a abrangência das coberturas significa também preço mais elevado. A cobertura completa do seguro saúde é a alternativa mais cara que há no mercado entre os planos de saúde.

O seguro saúde hospitalar tem um custo reduzido e representa uma ótima opção para que deseja reduzir o custo do plano de saúde atual. A vantagem do seguro hospitalar é que, além do menor preço, o associado tem acesso a tudo em relação à sua saúde. O custo do plano que dá cobertura hospitalar pode chegar a uma redução de até 40%, devido ao fato de cobrir apenas internação.

Por mais que o plano seja de segmentação hospitalar, caso o associado entre no hospital por qualquer motivo, em caráter de urgência e emergência, ele pode realizar consultas e exames. Essa é uma grande tranquilidade para o associado, perante ao caos que vive o atendimento público no Brasil.

Agora que você já sabe a diferença entre a cobertura seguro saúde completa e hospitalar, fica mais fácil escolher o melhor seguro para os funcionários da sua empresa. Com isso, eles poderão ter melhor qualidade de vida e, consequentemente, se tornarão mais produtivos.

Você compreendeu a diferença entre cobertura seguro saúde completa e hospitalar? Então, aproveite a sua visita em nosso blog e saiba também o que deve ser observado na contratação de um seguro e fique por dentro do assunto!

Seja o primeiro a ler as novidades!

Posts mais recentes em nosso blog


Leia o que há de novo essa semana